Cabelos Com Vida Própria ! ! !: Gestante pode pintar o cabelo?

Pesquisar este blog

Carregando...

Postagens populares

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Gestante pode pintar o cabelo?

Eis a questão!


Já reparou que as gestantes que costumavam pintar o cabelo param de fazê-lo , ficando muitas vezes com 10 centímetros de raiz? Você ouve por aí que mulher grávida não pode continuar a cuidar do cabelo? Logo agoraem que queremos nos sentir ainda mais lindas...o corpo está mudando, estamos em uma montanha russa nas emoções e ainda aparecem vários : NÃO PODE! NÃO PODE!

Ao que parece tudo faz mal! SERÁ MESMO ASSIM?

Um dos assuntos mais controversos entre as mulheres envolve o uso ou não de tintura ou qualquer outro produto químico nos cabelos durante o período de gravidez.

Será que vai fazer algum mal para o bebê que está dentro da barriga? 
Qual conseqüência pode trazer o uso da tintura durante a gestação?

Porém, há divergências entre os especialistas quanto ao uso de produtos químicos durante a gestação. Uns reprovam, outros minimizam. No entanto, boa parte dos profissionais recomenda o uso de tinturas somente após o terceiro ou quarto mês de gestação, período em que as chances de más-formações diminuem. Muitos nem sequer recomendam o uso de produtos químicos nos cabelos em qualquer época da gestação.

e Eu é claro estou curiosíssima para saber!!! Farei uma consulta amanhã e tenho uma lista enorme de perguntas para meu médico...

...entre elas está: quando poderei pintar meu cabelo? Posso fazer mechas?

E antes que ele me responda vou colocar aqui a opinião de profissionais que são a favor e que são contra, e cada uma tire suas conclusões.... o importante é que você também converse com seu médico e coloque tudo em uma balança!

A FAVOR

Contrariando o mito de que cabelo de grávida não pode receber cuidados, o tricologista (especialista em pêlos e cabelos), Valcinir Bedin afirma que é durante a gestação que o cabelo atinge seu auge. “A gravidez é um período muito bom para os cabelos porque os harmónios femininos estão aumentados em relação ao harmónios masculinos, que são os responsáveis pela queda de cabelos e pela oleosidade dos fios”, diz o dermatologista.

São os hormônios, principalmente a progesterona, que fazem com que a maioria das mulheres adore seus cabelos durante a gravidez, pois ficam mais volumosos, parecendo mais sedosos e bonitos. Mas, às vezes, podem ficar secos e quebradiços. Os hormônios da gravidez fazem com que a fase de crescimento, Anágena, dure por mais tempo fazendo com que os cabelos fiquem realmente mais encorpados.



Segundo os especialistas, no passado as tinturas eram feitas com metais pesados, como o chumbo, o que fazia com que os médicos proibissem o seu uso durante a gravidez. “Hoje isso não ocorre mais e as tinturas podem ser usadas, mas tem que haver o cuidado com os processos alérgicos, uma vez que o couro cabeludo é muito vascularizado e pode responder com alergia ao contacto com a tintura. Do ponto de vista puramente médico não há problemas em se utilizar nenhuma tintura autorizada pelo Ministério da Saúde”, diz Bedin.

Outro benefício que a gestação traz para a mulher é o aumento no ritmo de crescimento dos fios e a maior duração da fase anógena dos fios, o que faz parecer que a mulher ganha quantidade de fios. “O problema é que, após aproximadamente quatro meses do parto, tudo volta ao normal e os cabelos que ficaram mais tempo na cabeça caem, dando uma sensação maior de queda, chamada de eflúvio telógeno”, diz. A queda maior do que o normal pode ser indício de falta de nutrientes. A gestante deve falar com o médico e procurar um nutricionista para controlar essa fase de desequilíbrio!

É claro que não se pode dizer o mesmo sobre os produtos utilizados em escovas progressivas, definitivas, relaxamentos e permanente.

Há ainda médicos que indicam o uso de produtos naturais, como a henna (aquelas sem amônia) ou a tintura que não é feita na raiz dos cabelos, como mechas e reflexos, que é aplicado com uma touca, protegendo o couro cabeludo dos produtos químicos.

e Contra !!!


Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a médica Robertha Nakamura condena o uso de produtos químicos no período de gestação, embora saliente não existir provas concretas de que a tintura tem efeito direto na gravidez. Nakamura acrescenta que há poucos estudos nessa área que possam evidenciar um possível dano ao feto, principalmente no início da gestação.

Polêmico, o uso de produtos químicos na gravidez deve ser visto com cautela pelas mamães. Não há ainda comprovada uma quantidade mínima de produto químico que possa ser usada sem que prejudique a saúde do bebê em formação.

Como todo cuidado é pouco, evite a realização de tintura agressiva, alisamento ou qualquer outro uso de produto químico nos cabelos durante a gravidez, principalmente nos primeiros meses.

Por ser uma questão de opiniões diversas e contraditórias, o ideal é que você, mamãe, consulte o seu médico de confiança e peça para que dê informações sobre o uso de produtos químicos durante a gravidez.

Lembre-se sempre que melhor do que ficar bonita é cuidar para que o bebê que está se formando dentro da sua barriga nasça com a maior saúde do mundo.

Na dúvida não faça pois caso aconteça qualquer coisa vai se punir pelo resto da vida!(Por mais que talvez não tenha nenhuma relação com aquilo que usou, a sua consciência vai te culpar!)



Ah! mas o que importa mesmo é sentir se bem, e linda!!!!!!!!!!!!!!!!
(inspire-se na Giselle, não sei se ela retocou as micro mechas mas permaneceu incrivelmente linda!)







3 comentários:

Anônimo disse...

Bom, os cabelos da Giselle está com a raíz bem crescida, dá pra perceber que faz tempo q não retoca as mechas, acho que ela não arriscou, alías, por natureza já tem um lindo cabelo!!!

Anônimo disse...

sei la vai de cada um,o que importa é o bebe e nao a beleza...

Anônimo disse...

O problema é quem tem cabelos brancos como eu, que apesar da idade (33) já apareceram à muito tempo....não tem como ficar 3 meses com 10 cm de cabelo branco....=/